Como elaborar um plano de expansão empresarial? Aprenda aqui!

Muitas vezes, empresas conseguem atingir certo nível de sucesso, mas erram no segundo momento, quando buscam crescer. Elaborar um plano de expansão empresarial, identificando soluções e diretrizes que, de fato, sustentem as operações em uma nova realidade é algo muito importante.

É preciso definir metas, identificar líderes, criar uma cultura e focar em estratégias que permitam manter as pessoas sempre eficientes e motivadas. No artigo de hoje, você poderá entender melhor sobre o conceito de expansão empresarial e quais são os cuidados necessários para garantir que tudo ocorra dentro do que foi projetado. Continue a leitura!

O que é um plano de expansão empresarial?

Um plano de negócios é uma espécie de guia que contém as orientações para que o empreendedor planeje o futuro e minimize os riscos ao longo do tempo. Quanto mais completo e preciso for seu plano de negócios, melhores são as chances de conseguir retorno naquilo em que você está investindo.

O plano de negócios geralmente é elaborado enquanto ainda se está na fase das ideias. Toda a execução para se tirar a iniciativa do papel deve ser realizada com base nele. Porém, algumas pessoas acham que apenas isso basta, deixando-o de lado após o início das operações. Isso é um grande erro, o plano deve continuar existindo e sendo atualizado durante toda a existência do empreendimento.

Nesse contexto, o plano de expansão empresarial deve se inserir como uma dessas atualizações. Mas, caso você tenha iniciado seu negócio sem um plano preliminar, ainda assim é possível construir o plano de crescimento.

Ele desempenha um papel fundamental na alocação de recursos em toda a empresa. Pode ajudá-lo a atrair novos investimentos de terceiros, ou mesmo, determinar qual a melhor forma de se usar um empréstimo para alavancar as atividades.

Se você avaliar regularmente sua performance em relação às metas estabelecidas, provavelmente terá mais chances de atingir seus objetivos. Se você tem um bom plano, pode conseguir também determinar mais facilmente onde estão os eventuais desvios.

Conteúdo do plano de expansão

Seu plano de expansão empresarial deve incluir um resumo do que sua empresa faz atualmente. Os meios pelos quais se desenvolveu e para onde você quer que ela vá. Em particular, deve cobrir sua estratégia para melhorar suas vendas e processos existentes para alcançar o crescimento desejado.

Você deve deixar claro qual o cronograma das ações de expansão, que geralmente cobrem períodos de 1 a 3 anos.

Os objetivos de marketing devem ser determinados. Quantos novos clientes você deseja obter e qual o tamanho da base de consumidores que precisa ser atingido no tempo considerado.

Também, benchmarks dos indicadores de desempenho operacionais, a situação da produção e o que precisa ser melhorado em termos de equipamentos e tecnologias. Quem são seus fornecedores e qual o status dos contratos que já tem firmados com eles.

Informações financeiras, incluindo previsões de lucros e perdas, previsões de fluxo de caixa, previsões de vendas e contas auditadas. Qual é a estrutura de capital do negócio, índices de endividamento, tamanho das reservas e destinações dos recursos já comprometidos.

Por fim, algo muito importante e que nem sempre é lembrado. É preciso mapear os conhecimentos e habilidades presentes nas equipes. Descubra se seus colaboradores já possuem todas as competências que serão necessárias na expansão.

Não adianta, por exemplo, abrir uma nova unidade em outra região se você não tem pessoas que poderão conduzi-la. É fundamental saber quem são aqueles que poderão exercer papel de líder.

Quais os cuidados necessários para elaborar um bom plano de expansão?

Primeiramente, você deve ter atenção para abordar todas as áreas da empresa em seu plano. A administração é normalmente baseada em aspectos financeiros, produtivos, de marketing e da gestão de pessoas. Certifique-se de que suas ações são suficientes para suportar o desenvolvimento de todas elas.

É correto dizer que as finanças devem ser o que norteia seu plano. Afinal, sem dinheiro qualquer iniciativa pode ficar apenas na seara das intenções. Nesse sentido, é muito importante avaliar bem as reservas já existentes e determinar o que deve ser priorizado. Nem sempre há recursos para tudo, então, você precisa investir certo para gerar caixa e assim concluir o restante do planejamento.

O capital de giro está no centro dessa análise. Quando uma empresa expande, ela precisa de mais recursos para financiar seu dia a dia, até que as ações consigam refletir em vendas e o negócio volte a se capitalizar.

Entender qual é a necessidade de capital de giro (NCG) pode ser decisivo nesse processo. Há várias formas de calcular esse indicador, uma bastante interessante pode ser a seguinte:

NCG = contas a receber + estoques – contas a pagar

Perceba que, em um processo de expansão, há uma tendência de que as saídas de caixa superem o que você tem para receber. O indicador será negativo, mostrando a necessidade de conseguir recursos de outra forma.

Buscando apoio nesse processo

Uma assessoria ajudará a definir qual é a melhor alternativa para levantar o capital de giro nessa situação.

Simultaneamente, dará o suporte para definir a melhor aplicação dos recursos, dando orientações que melhorarão seu plano de expansão, na medida em que possuem o know-how para sinalizar quais são as melhores opções para otimizar os resultados e obter ganhos de escala.

Isso pode ser muito importante, pois as vantagens de se investir num plano de expansão não são garantidas. Ou seja, se o planejamento for mal feito, se as premissas estiverem incorretas ou mesmo se as ações de contingência não estiverem bem estabelecidas, tudo pode ser posto em xeque, e em vez de atingir o sucesso desejado, a situação pode ficar crítica.

Um negócio que era pequeno e tinha certa estabilidade pode até deixar de existir caso tente crescer de forma desordenada. Já quando o plano de expansão empresarial é feito de maneira profissional, levando em conta todas as dimensões de análise, o empreendimento consegue a sustentabilidade que precisa para atingir níveis mais altos, crescendo de modo seguro e com uma realidade financeira ajustada.

Gostou do artigo? Siga nosso Facebook e LinkedIn e fique sempre por dentro de nossas novidades!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.